Apresentação do AMPlifica

A AMPlifica tem como objetivo abranger cada um dos 17 Municípios, através da seleção de um  projeto social que seja reconhecido como o “campeão” do seu município e que possa servir de  exemplo ao ecossistema local.  Por projetos sociais entendem-se soluções inovadoras focadas na resolução de alguns dos  principais problemas da sociedade. Na AMPlifica serão integrados projetos focados nas mais variadas áreas de atuação, entre elas a inclusão social, a empregabilidade, a saúde, a  mobilidade e o ambiente.

A AMPlifica abrangerá projetos de todo os municípios da Área e terá duas edições (a primeira a  iniciar a 7 de Fevereiro e a segunda em finais de Abril), cada uma localizada num dos Centros de  Inovação Social – Municipais (polos CIS-M), nomeadamente na Oliva Creative Factory (São João  da Madeira) e na Fábrica de Santo Tyrso (Santo Tirso). O trabalho desenvolvido culminará na  apresentação do progresso dos participantes e casos de sucesso no Fórum Empreendedorismo  Social AMP 2020, previsto para julho de 2017.
A AMPlifica vem no seguimento de um intenso trabalho e investimento feito pela AMP na  promoção do empreendedorismo social na região, após um reconhecimento estratégico da  importância desta temática para o desenvolvimento socioeconómico da região. Este esforço  está alinhado com a sua clara intenção de posicionar a AMP como uma região de referência a  nível nacional no que toca à aposta nesta temática.
De acordo com Lino Ferreira, Primeiro-Secretário da AMP, “a AMPlifica permite à AMP  reafirmar a sua posição de compromisso para com os projetos sociais que lutam todos os dias para a resolução dos problemas sociais do nosso país (…) Este programa deve ser visto como  um trampolim que ajudará os projetos a atrair financiamento e a maximizar o impacto social  que trazem ao território, não só da AMP mas de todo o país”.
A pertinência deste apoio aos projetos vai ao encontro de oportunidades de financiamento,  como é o caso da Estrutura de Missão Portugal Inovação Social (EMPIS) que dispõe de 150  milhões de euros mobilizados de Fundos Estruturais Europeus para o financiamento da  inovação social em Portugal.
Dada esta oportunidade para o sector nos próximos anos, reforçada por um crescimento do  investimento social em Portugal e consequentemente de diversas oportunidades para além da  EMPIS, há que garantir que as entidades de inovação e empreendedorismo social estão  preparadas e capacitadas para atrair o capital disponível.
A AMPlifica permite à AMP  reafirmar a sua posição de compromisso para com os projetos sociais que lutam todos os dias
para a resolução dos problemas sociais do nosso país.
Lino Ferreira

Primeiro-Secretário da AMP, Área Metropolitana do Porto